Páginas

Música Brasileira

"Não é bom para o homem estar só mas ele está só, mesmo assim, ele espera e está só, ele adia e está só, só ele sabe que mesmo adiando chegará."
Natan Zach

domingo, abril 23, 2006

Tu me ergues

Quando eu estou pra baixo e, oh minha alma, tão cansada;
Quando os problemas vêm e meu coração queimando está;
Então eu fico quieto e espero aqui em silêncio,
Até você vir e sentar, por um instante, comigo.

Tu me ergues, então eu posso permanecer nas montanhas;
Tu me ergues, para caminhar em mares tempestuosos;
Eu sou forte, quando estou em seus ombros;
Tu me ergues: para além do que eu posso ser.

Tu me ergues, então eu posso permanecer nas montanhas;
Tu me ergues, para caminhar em mares tempestuosos;
Eu sou forte, quando estou em seus ombros;
Tu me ergues: para além do que eu posso ser.

Não há vida, não há vida sem esta ânsia;
Cada coração sem tranqüilidade bate tão imperfeitamente;
Mas quando você vem e eu estou cheio de admiração
Às vezes, eu acho que serei eternamente vislumbrado.

Tu me ergues, então eu posso permanecer nas montanhas;
Tu me ergues, para caminhar em mares tempestuosos;
Eu sou forte, quando estou em seus ombros;
Tu me ergues: para além do que eu posso ser.

Tu me ergues, então eu posso permanecer nas montanhas;
Tu me ergues, para caminhar em mares tempestuosos;
Eu sou forte, quando estou em seus ombros;
Tu me ergues: para além do que eu posso ser.

Tradução da música: You Raise me up / Josh Croban

Um comentário: